SÍMBOLOS ASTROLÓGICOS

Picture
Picture
Picture
Picture

Roda de Regências esotéricas (lilás) e exotéricas (verde)

Picture
Significado das doze casas astrológicas

Casa 1

Casa da personalidade, do ser, que indica a aparência física, o tipo de corpo, a saúde em geral, a vitalidade, o temperamento, suas atitudes conscientes, a forma como enfrenta a vida, suas maneiras individuais, enfim a primeira impressão que uma pessoa nos causa.

Casa 2

É a casa dos recursos, das posses materiais que incluem dinheiro, talento, os valores, os cinco sentidos, a sensação de auto-estima e o valor pessoal.

Casa 3

É a casa das comunicações e relações, o ambiente primário em que tudo se desenrola, tais como as experiências e a aprendizagem. É a casa dos irmãos e irmãs, dos amigos, da aquisição de habilidades motoras, da linguagem, da educação, do movimento e do ambiente próximo. Também representa os ajustes psicológicos da pessoa.

Casa 4

É a casa do pai e da mãe, da família. É casa das bases emocionais, dos pais, parentes, do inconsciente, da herança, da genética, das propriedades de bens de raiz, as condições final da vida, o túmulo.

Casa 5

É a casa da criatividade e da auto-expressão. O amor, romance, crianças, artes, recreação, entretenimento, teatro, jogos, festas, passeios, especulações, jogos de azar.

Casa 6

É a casa da saúde e do serviço, do trabalho e da higiene, da dieta, da alimentação, das pequenas enfermidades, dos trabalhos, do serviço aos demais, dos empregados, das ferramentas e instrumentos, os gastos de operação, o trabalho inconsciente, das utilidades, dos mascotes.

Casa 7

Esta é a casa das relações sociais, das relações com as outras pessoas, dos amigos íntimos, dos amantes, do matrimônio, das uniões livres, dos sócios em negócios, dos companheiros de quarto, influi sobre os contratos, divórcios, brigas, eleições legais, diplomacia.

Casa 8

A casa das crises, do sexo, do nascimento e da morte, o renascimento, a reencarnação, o oculto, os recursos de outras pessoas, os impostos, os seguros, e o dinheiro que não se ganhou corretamente, as renúncias, os conhecimentos.

Casa 9

A casa da educação superior, dos altos estudos, da filosofia, das viagens, das profissões, a ciência e a lei particularmente, a busca do significado da vida, a sabedoria e o caminho espiritual, a forma como cada pessoa concebe o mundo, a percepção pessoal de Deus e da religião.

Casa 10

É a casa das honras e da profissão, da imagem pública, do êxito no trabalho e da fama, também representa a ambição, reputação, prestígio, posição social, o pai (às vezes a mãe), as figuras de autoridade, os superiores no trabalho, do serviço, da família, os empreendedores, as metas pelas quais o nativo luta durante a vida e das quais sempre estará lembrando.

Casa 11

É a casa dos amigos e do futuro. As esperanças, os desejos, os projetos, os planos, os ideais humanistas, clubes e associações, contatos profissionais, sindicatos, partidos políticos, grupos de trabalho, revoluções, rebeldia social.

Casa 12

É a casa das limitações e do freio, por assim dizer. Antigamente se chamava casa do desastre pessoal ou o inferno do zodíaco, porém todos estes conceitos se transformaram, não obstante se considera que esta é a casa em que aparecem os inimigos ocultos, as enfermidades crônicas, a hospitalização, os encarceramentos, solidão, pecados, castigos, carma, pranto, pena, sacrifício, auto-sacrifício, caridade, meditação, investigação, atividades ocultas.